Festa da Maçã e Feira Agroindustrial de Veranópolis

Femaçã 2015 supera expectativa de expositores

19 de abril de 2015
Femaca 2015 Supera Expectativa De Expositores

A Femaçã 2015 chega ao seu fim nesta terça-feira, dia 21, se concretizando como a maior edição do evento. O resultado positivo está sendo constatado em todos os setores. A avaliação por parte dos expositores, confirma o crescimento da feira.
A empresária do setor moveleiro, Carla Tonus, saí do evento satisfeita. “É a primeira vez que participo. Apresentei a ideia de montar uma casa do início ao fim e a recepção dos clientes foi muito boa. Fiz vendas e garanti clientes para manter contatos pós-feira”, ressalta. Para Carla, o evento não teve nenhum ponto negativo.

Ivo Sangalli, também apresentou suas novidades na festa. O stand voltado ao setor moveleiro trouxe novidades como amortecedores nas portas de móveis. Sangalli participa da festa desde a sua primeira edição. Para ele, o evento deste ano superou as festas passadas. “É o melhor que teve em todos os sentidos, seja de público ou de organização. Fiz muitos contatos, inclusive pós-feira”, enfatiza.

Sangalli destacou a importância da festa. “Muitas pessoas que chegaram em meu stand ficaram impressionadas com o que fizemos. Algumas delas diziam que não sabiam tudo o que a nossa cidade produz”, afirma.
Para a empresária Luana Santi, as vendas estão tendo um bom retorno. “Sempre buscamos apresentar lançamentos, produtos diferenciados atrativos e com descontos”, enfatiza.

Selvio Castilhos e Alfeu Basso estiveram na Femaçã anterior e retornaram neste ano. “A edição deste ano está muito bonita, muito bem organizada. Os visitantes demonstram interesse em nossos produtos. Pretendo voltar”, ressalta Selvio.

A empresária Adriane Lorenzetti também participou da edição anterior. Neste ano, além das semi joias, a expositora trouxe para a festa, calçados e bolsas. “A Femaçã está muito organizada e bem divulgada”, destaca. Adriane enfatizou a limpeza do parque. “Nunca vi um espaço tão limpo”, diz ela. A empresária ressaltou que colegas de empresas de sua cidade, Guaporé também tinham interesse em expor na festa, devido a grande divulgação, porém não conseguiram stand.

O veranense Gustavo Rigon abriu a sua nova empresa há cerca de um mês e viu na Femaçã, a oportunidade de evidenciar seus produtos. O sucesso foi tanto, que ele vendeu quase todo o mostruário. Um tapete, por exemplo, teve 10 unidades vendidas durante a festa. Rigon recebeu clientes de várias cidades do Estado, inclusive de um arquiteto de Porto Alegre, que veio conhecer o trabalho do expositor.

Em pesquisa realizada pela agência Plena Eventos junto aos expositores, 100% dos entrevistados pretendem retornar na próxima edição do evento.

Veja também
Apoios
Apoiador
Apoiador
Apoiador